Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 24 de maio de 2016

DIGA NÃO AO GOLPE DA PRIVATIZAÇÃO DO SUS


E agora José,
vão privatizar a saúde!

Mas será o Benedito?
Tão pensando mesmo nisso? pelas barbas de Jacó.

E agora Maria,
de tanto rezar a Maria,
a saúde saiu correndo ...
Como pode?
rezo e ajoelho e a senhora não me escuta?
Me acode Maria.


A saúde é obrigação do estado, é direito do povo e em especial dos mais carentes. A saúde não é privilegio, nem barganha e muito menos moeda de chantagem ou vingança.

SAÚDE É DIREITO DO POVO E OBRIGAÇÃO DO ESTADO

Aprendi isso numa escola pública, á mais de 40 anos atrás e graças a Deus ela ainda não corria o risco de ser Privatizada também.

A os apaixonados pela vida, com inúmeras lições de moral a todos e  todas, fiquem atentos, leiam, prestem atenção e percebam que no fundo, o mais importante é nos mantermos atentos. Retirar o dinheiro da saúde é crime contra a humanidade, fazer com que os estados não apliquem mais os valores estabelecidos por lei, é crime e crime contra a vida, pois muitos vão morrer.

Por um Brasil que respeite a Equidade de gênero,
que respeito os Médicos de Fronteira, de interiores e os de Cuba,
Por um Brasil que reconhece na construção dos múltiplos espaços de discussão,
Por um Brasil das parteiras, dos médicos;
dos Homeopatas, dos terapeutas, das rezadeiras e dos médicos de UTI,
dos atendentes, porteiros e do pessoal da limpeza, das fichas e da reposição;
 pelos especialistas, enfermeiros, tecnicos e pelos ACS;

Pela dignidade da Maria, do José, do Benedito e do Jacó,
num país de muitas cores e de muitos sonhos,
que deseja sempre quele sorriso aberto,
por um país que exporte tecnologia e humanidade...

DIGA NÃO AO GOLPE 

DIGA NÃO A PRIVATIZAÇÃO DO SUS

Homeopatas dos Pés Descalços

sábado, 7 de maio de 2016

E A SAÚDE? COM OU SEM PONTE? O QUE TEREMOS DE ATRAVESSAR?


????


As portas de uma reviravolta na política da saúde no país, alguns pontos devem ser vistos com cautela. Nesse exato momento não podemos fazer de conta que as coisas não acontecem.
O PMDB  do possível presidente da república por 180 dias divulgou e preparou dois documentos:
Um é a Ponte para o Futuro, já chamado de A ponte para o inferno.  Um deles, "Ponte para o Futuro" - voltado principalmente para a área econômica -, foi lançado no final do ano passado.(2015)

a)          Novas propostas que vão ser incluídas no documento “Ponte para o futuro”

“Intervenção no SUS”. Não sabem o que fazer com ele, só dizem que está sem controle e que precisar ser “reorganizado”. Na prática, certamente são desculpas para justificar a redução dos repasses orçamentários para o Ministério da Saúde.  A “reorganização” é só uma forma de descobrir como fazer o SUS funcionar pelo menos precariamente com menos recursos. Ou seja, descobrir quem vai chorar menos se não puder mais ser atendido: os pacientes de câncer, ou com diabetes ou de tuberculose ou as grávidas com zica…[2] 2] Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pmdb-prepara-ajuste-para-cortar-subsidios-e-diminuir-o-gasto-publico,10000023314

b)         PONTE PARA O FUTURO
 
Abaixo as propostas iniciais do documento ‘Ponte para o futuro’.
Política Social
 
27)        Reduzir os gastos sociais em assistência, saúde e educação. Eufemisticamente propõem estabelecer uma agenda de “transparência” e de “avaliação de políticas públicas”, que permita a identificação dos beneficiários, e a análise dos impactos dos programas. O documento afirma que “o Brasil gasta muito com políticas públicas com resultados piores do que a maioria dos países relevantes”.
A parte social ficou concentrada no documento batizado de "A Travessia Social", que ainda não foi publicado oficialmente mas cujo texto - uma versão preliminar, segundo peemedebistas - foi divulgado pela imprensa na semana passada. http://www.bbc.com/portuguese/brasil/2016/05/160503_temer_governo_lab
5. Saúde
O "Travessia Social" fala genericamente em "melhorar a gestão financeira" nas redes de saúde. Prorrogado por Dilma recentemente, na reta final antes de seu eventual afastamento da Presidência, o programa Mais Médicos não é citado.
Já o "Ponte para o Futuro" fala em desvincular gastos obrigatórios do governo - atualmente, a legislação impõe gastos mínimos em saúde e educação.
"É necessário em primeiro lugar acabar com as vinculações constitucionais estabelecidas, como no caso dos gastos com saúde e com educação".

A saúde é um processo que atinge a todos os brasileiros. Vamos acompanhar de perto isso, mas vamos tratar de nos envolver mais. Pagar plano de saúde e fazer de conta que não vai se envolver com política porque isso é chato e ruim, é muito complicado e desastroso. A participação popular faz com que o pais seja de responsabilidade de cada cidadão. Isso também é saúde. Não se trata mais de lado, de partido ou se é ou não é simpático ao governo. Trata-se da sua saúde, da sua sobrevivência.

HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS
Resultado de imagem para MAIS MÉDICOS


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica